JP: Prefeitura inaugura nova escola em tempo integral

O vereador e candidato à reeleição, Ubiratan Pereira – Bira (PSD), comemorou na manhã desta quarta-feira (28), a entrega da mais nova escola municipal em tempo integral, ‘Lúcia Giovanna Duarte de Melo”, realizada pela Prefeitura de João Pessoa, no bairro Colinas do Sul. O nome do novo equipamento escolar, que vai contemplar mais 500 crianças e adolescentes da capital paraibana, com ensino regular e atividades culturais e recreativas,é fruto da Lei de Nº 13.230/2016, de autoria do parlamentar.

“Fico muito feliz em ver mais uma escola integral sendo entregue a população pessoense, uma marca de compromisso da atual gestão municipal, que tem garantido uma melhor qualidade de ensino às crianças e jovens pessoenses. Bem como também, em podermos prestar essa merecida homenagem à professora Lúcia Giovanna Duarte de Melo, por todo seu legado e a sua vida extremamente dedicada à educação na nossa Capital”, frisou Bira.

A inauguração da escola, realizada pela secretária de Educação do Município, Edilma Ferreira da Costa, contou com a presença da filha Larissa e familiares da homenageada, além de vários educadores, auxiliares municipais, do Padre Francisco e de representantes da comunidade local.

“Nós que fazemos a atual gestão municipal, em especial as secretarias de Educação e de Infraestrutura, que executou esta obra, estamos bastante felizes de entregar mais um instrumento de ensino municipal dessa magnitude, que vai auxiliar com conforto e dignidade na educação, na cultura e na cidadania dos moradores desse bairro e vizinhança. E também por homenagearmos a professora Lúcia Giovanna, um símbolo de força, de mulher educadora, hoje aqui representada pela sua filha Larissa e pelos seus familiares e amigos”, destacou Edilma na ocasião.

Durante a solenidade, ainda houve apresentações culturais do Grupo de Idosos do PSF, do Colinas do Sul;  da Banda de Fanfarra da Escola Municipal Afonso Pereira, de Mangabeira; e do Grupo de Maracatu, composto por crianças e adolescentes da Escola Viva Olho do Tempo.

Sobre a escola – A nova unidade escolar de Ensino Fundamental,que está localizado à Rua Severino Vicente Amorim, vai aliar o ensino regular com atividades nos dois turnos. Com ela, o município de João Pessoa passa a contar com 98 escolas. Desse total, 19 funcionando em tempo integral.

Com a obra, executada pela Secretaria de Infraestrutura de João Pessoa (Seinfra), a PMJP amplia a oferta de ensino integral, garantindo educação regular em um turno e acesso a atividades esportivas, culturais, recreativas e de reforço escolar no outro. Além disso, os alunos terão direito a refeições diárias.

Sobre a homenageada – A professora Lúcia Giovanna faleceu em 12 de Fevereiro de 2016, no Hospital Napoleão Laureano, onde estava internada, em razão de um câncer no pulmão, doença contra a qual lutava há mais de um ano. Lúcia era formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco, tornando-se, em seguida, Professora do respectivo Departamento, na Universidade Federal da Paraíba.

Além do Magistério, foi responsável por projetos de extensão como o Projeto “Escola Pública, Uma Opção de Qualidade”, que foi o grande marco de sua vida, sobretudo quando implantado na Escola Estadual Experimental de Ensino e Aprendizagem Sesquicentenário, onde foi Diretora. O projeto, além de modificar a vida dos alunos e pais que estavam envolvidos naquela Escola, tornou-se referência Nacional quando fora premiado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – UNESCO.

Ela ainda foi secretária-adjunta de Educação de João Pessoa, quando também teve seu trabalho reconhecido por toda a sociedade paraibana; e também titular da Secretaria de Educação de Areia – PB, onde instituiu o “Projeto Amar-Areia”, também premiado pelo IPHAN Nacional. Também participou da implantação da “UFPB Virtual” e membro da equipe de formação do PNAIC/UFPB. Além de todos os trabalhos e projetos, a professora Lúcia se destacava pela forma de ver a vida e o mundo, idealizando sempre dias melhores, dias mais justos. Fica um legado para toda a história da educação pública de João Pessoa, da Paraíba e de todo o País.