Cartaxo: ‘A cidade não aceita terceirizar o seu voto’

Candidato à reeleição, Luciano Cartaxo (PSD) participou na noite passada de um dos últimos eventos de sua campanha. Deu-se num trajeto que se tornou tradicional em João Pessoa, chamado no período pré-carnavalesco de corredor da folia. Pois bem, o bloco de Cartaxo invadiu a Epitácio Pessoa, desde a praça das “Muriçocas”, arrastando mais de 30 mil “foliões” uniformizados na cor azul.

No carro que conduziu o candidato à reeleição e do vice Manoel Júnior (PMDB) apoiadores de peso, a exemplo do senador José Maranhão (PMDB), do deputado federal Rômulo Gouveia (PSD), do deputado estadual Jutay Menezes (PRB), do ex-deputado federal e presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, além de outras diversas lideranças políticas.

O noticiário resumiu assim a fala de Cartaxo, entusiasmado com as manifestações de apoio durante o trajeto: “Me lembro que uma multidão dessa só no bloco dos Muriçocas de Miramar”, falava para os amigos que o acompanharam e quem se chegava para abraçá-lo.

Ouve discurso, claro do candidato à reeleição: “A cidade não aceita terceirizar o seu voto. Nossa candidatura tem autonomia e independência, assim como o povo de João Pessoa. É, por isso, que vai votar em quem tem história e uma candidatura construída com verdade…”.

“[…] Vamos continuar esse trabalho por mais quatro anos porque conseguimos provar que é possível unir trabalho e coração na administração de João Pessoa”, destacou.

E mais: “Temos uma candidatura construída de maneira natural, que não foi inventada de última hora ou improvisada para agradar a uma só pessoa. Nós buscamos agradar é a todo o povo de João Pessoa. Temos trajetória, história e futuro, por isso João Pessoa está com a gente”, declarou Luciano.