Intenção de voto, rejeição e avaliação favorecem Cartaxo

Sobre o pano de fundo de uma disputa em João Pessoa com cara definida, o Ibope captou movimentos dignos de nota na briga dos candidatos contra à reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Em alta, abriu 27 pontos de vantagem sobre a segunda colocada Cida Ramos (PSB) e 50 pontos de Charliton Machado (PT) e Vitor Hugo (PSOL).

A principal novidade, no entanto, colhida pelos pesquisadores do instituto foi o quesito rejeição, que mostra claramente porque Cartaxo é favorito a vencer as eleições deste ano já no primeiro turno. Ele não lidera esse item, tampouco é segundo ou terceiro. Vem a ser o quarto, atrás 12 pontos da socialista Cida Ramos, a terceira mais rejeitada entre os candidatos.

Talvez, por causa do desconhecimento, Vitor Hugo, com 46%, e Charliton Machado, 43%, são os mais rejeitados. Cida vem em seguida com 37% e o prefeito Cartaxo tem 25%. Ou seja, uma posição que ajuda-o nos 52% de preferência do eleitorado pessoense.

Longe dos holofotes, nos arredores do QG de Cida Ramos, há quem considere uma hipótese de reação a partir das edições dos debates programados para os próximos dias, até o dia do encontro dos eleitores das urnas. Dá-se de barato que o favoritismo de Luciano Cartaxo o reconduzirá para um mandato de mais quatro anos.

A pesquisa veiculada nesta quarta-feira (24) favoreceu em tudo ao candidato reeleitoral. Desde as intenções de voto a avaliação do seu governo. Pelos números da pesquisa do Ibope, 12% consideram ótima a administração de Cartaxo, 33% boa, 41% regular e apenas 4% razoável.