Ventos apontam para rediscussão da criação do TCM

Enganam-se quem pensa que a criação do TC dos Municípios está “enterrado” e “sepultado”. A proposta está mais viva do que nunca, cuja Proposta de Emenda Constitucional (PEC) deverá ir a votação após superada a turbulência da crise econômica. Está, também, a espera da conclusão das obras da nova sede da Assembleia, pois é no atual prédio do legislativo onde poderá funcionar o futuro órgão de contas.

Ao lado do governador Ricardo Coutinho, o deputado estadual Gervásio Maia é a mais nova sensação do PSB, partido do qual recém chegou. Pois bem, foi o parlamentar que jogou no asfalto na noite passada, em entrevista a uma TV local, que pelo fato de não estar sendo debatido o TC dos Municípios caiu no esquecimento.

“O Tribunal de Contas dos Município voltará a discussão, havendo a possibilidade de votação da PEC para breve”, avalizou o deputado Gervásio Maia. A declaração do ex-peemedebista representa a fala do Governo do Estado.

Cauteloso, no entanto, o deputado, agora socialista, disse que é preciso observar a volta dos bons tempos do retorno da economia. “É difícil prevê a aprovação, até porque, como se trata de uma Proposta de Emenda à Constituição, requer um quorum diferenciado”, avaliou.

Mostra que o governo está convencido de que é necessário criar um novo órgão de contas no Estado. Pelos menos, desde o ano passado, os ventos apontam nesta direção.