Ricardo diz que pedirá voto para João como se fosse para ele

Alguém tem dúvidas que Ricardo Coutinho fará em favor de João Azevedo na campanha deste ano será diferente da que realizou em 2012? No passado, RC levou Estela Bezerra a tiracolo nos comícios. Agora, o governador que ser uma espécie de “metamorfose ambulante”. O pré-candidato socialista vai precisar estar em todos os lugares, mas Ricardo não. Ou vice versa.

“Quanto ele (João) não puder ir num determinado momento, eu vou no lugar dele. O importante é estar em todos os lugares. A campanha do PSB precisa estar em todos os locais dessa cidade, que só viu obras em nossa gestão, inclusive uma grande parcela tendo à frente João Azevedo”, disse Ricardo nesta manhã de sábado (20).

Fora dos discursos do Congresso Estadual do PSB, o governador Ricardo Coutinho expôs algo que é do conhecimento público. “Eu vou percorrer a cidade como se eu fosse o candidato”. É o ajuste que dará a campanha socialista à sucessão municipal de João Pessoa.

Ricardo não tem dúvidas: “Muita gente vai votar em João Azevedo independente de Ricardo pedir. Mas, é claro, que vou pedir para votar nele aquelas pessoas que ainda tem dúvida na capacidade de João administrar. Anotem: será a grande surpresa dos últimos prefeitos que passaram pela Prefeitura de João Pessoa”, aposta.

As criticas aos adversários são normais neste período da pré-campanha eleitoral. Ricardo sabe, nem precisou o senador José Maranhão avisar, apenas tornou o que é fato público, que o prefeito Luciano Cartaxo tem a popularidade de gente grande e vencer quem está nesta condição é infinitamente mais difícil. Mas jogará todas as fichas.

Para os bons entendedores, os discursos pronunciados na manhã deste sábado mostra o que João Pessoa inteira já sabe: o favoritismo do atual prefeito. Por isso, grande parte das “porradas” foram distribuídas a Cartaxo. A tática é desqualificar o que vem sendo realizado na cidade. Do contrário, a fatura será resolvida logo no primeiro turno.