PSDB pode estar trabalhando o retorno de Manoel Júnior

Líder dos tucanos no Senado, Cássio Cunha Lima praticamente reconheceu a falta de quadros do seu partido para a disputa eleitoral de 2016, em João Pessoa. Até citou dois nomes, o ex-senador Cícero Lucena e o ex-deputado Ruy Carneiro como opção, mas deixou no ar que a alternativa mesmo do PSDB poderá vir de outra legenda.

Em entrevista ao Sistema Arapuan, Cássio disse que a “janela” aberta, “uma avenida eleitoral”, conforme classificou, permite aos tucanos pensarem e um nome que não seja necessário a um desses citados acima, até porque Cícero, por exemplo, já demonstrou reiteradas vezes que não deseja mais concorrer a nenhum cargo eletivo. Pelo menos neste momento. O PSDB lhe negou o direito de disputar à reeleição na campanha passada.

Como não adianta ir para a disputa com alguém “sem voto”, então a legenda parte na tentativa de trazer um nome que possa agregar valores após a abertura da “avenida eleitoral” permitida a partir desse cenário que está para ser conhecido em janeiro próximo. Aliás, há quem arrisque um prognóstico: o deputado Manoel Júnior (PMDB), político bastante identificado com o PSDB.

O peemedebista é um dos fundadores da legenda na Paraíba. Inclusive, já foi presidente estadual. Seu retorno as origem poderia até render um bom “mote” de campanha, aproveitando ter sido um dos componentes durante a campanha do senador Cássio ano passada. Os papéis, agora, poderão se inverter na falta de quadros comprovados dentro do ninho tucano.

Nos bastidores, comenta-se que Manoel Júnior tem o aval do PMDB do senador José Maranhão. Em político tudo é possível acontecer, inclusive nada.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.