Maranhão se reposiciona e admite conversar sobre 2018

O blog foi informado na noite passada que o senador José Maranhão (PMDB) está se reposicionando na cena. Antes, não queria nem ouvir falar na campanha à sucessão estadual de 2018. Hoje, nos bastidores do partido na Duarte da Silveira ou no escritório político, há notícia acerca do novo discurso a depender de mudança da conjuntura para o pleito estadual.

Maranhão chegou a verbalizar que “sou um soldado do partido”. A despeito do político com 60 anos de atividade pública, ele não perderia absolutamente nada se posicionando como um nome do pemedebê as futuras eleições estaduais, até porque tem mandato de senador até 2022.

Pois bem. Em privado, o que tem sido mais comentado é a mudança de posicionamento de JM, enquanto em pública os aliados tratam de espalhar a informação, a exemplo do que proclamou o ex-governador Roberto Paulino, que antecipou ao lançar “Zé” candidato em 2018.

Já existe até um slogan para o momento atual: “O tempo de austeridade e desenvolvimento está voltando”. Mostra que o PMDB está levando o tema à sério, principalmente quando os peemedebistas antecipam o nome do ex-senador Cícero Lucena como candidato a vice.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.