Estela Bezerra diz que recebe decisão sem mágoa

O PSB não agiu de forma correta com a deputada Estela Bezerra. O certo teria sido tratar a opção pela pré-candidatura de João Azevedo a Prefeitura da Capital, mas antes do anuncio da desistência da parlamentar. Em conversa na manhã desta segunda (19) com o repórter, ela disse: “estou traquila, serena…”.

Mas a serenidade pode ser vista de outra forma, até porque a sinalização já havia sido dada na semana passada, algumas horas da reunião do PSB de sábado (17), com as declarações do presidente estadual Edvaldo Rosas, reforçada do que dissera o dirigente socialista de João Pessoa, Ronaldo Barbosa: “É o mais correto”, disse ao se reportar ao nome de Azevedo.

Por alguns momentos a serenidade de Estela deixou espaço para euforia. “Vamos trabalhar agora para levar o secretário João Azevedo a vitória”. Quanto a isso, o PSB do governador Ricardo Coutinho não tem nenhuma dúvida da contribuição de sua deputada, que já teve a chance de representar o partido nas eleições de 2012.

O que fica é a pressa dos socialistas de anteciparem uma decisão que viria à tona apenas no ano das eleições (2016). O que motivou, na verdade, foi a saída do prefeito reeleitoral Luciano Cartaxo do PT e, consequentemente, a filiação dele ao PSD do deputado federal Rômulo Gouveia, aliado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Por ora, o que fica mesmo é que duas candidaturas já ganharam o asfalto de João Pessoa: a do prefeito Luciano Cartaxo, virtual candidato à reeleição; e João Azevedo, nome que o PSB apresentou ao eleitorado pessoense neste final de semana.

Quanto a Estela, a certeza de que ela será uma peça importante durante a campanha do próximo ano. Alguém tem dúvidas?