Vereador ostentação pode ser expulso do PSB

Sob o vereador ostentação Marcos Vinícius Silva (PSB), o vaivém de maços de dinheiro e os diálogos que seriam gastos com “quengas” são tão vergonhosos que o partido socialista pode recomendar a direção do partido em Cuité que o caso seja levado ao Conselho de Ética. O parlamentar poderá sofrer a punição máxima: a expulsão, que resultaria na cassação do seu mandato.

“Eu não vi o vídeo ainda, mas penso que seja passivo de uma punição rigorosa. Para isso, o partido precisa ser provocado. Aí reúne o Conselho de Ética para tomar as devidas providências”, disse o presidente do PSB de João Pessoa, Ronaldo Barbosa. É bom lembrar que é apenas uma opinião, pois o assunto é da ossada do Diretório estadual.

O presidente estadual Edvaldo Rosas deve estar tomando as providências cabíveis ao PSB. O vídeo e as imagens que mostra o vereador ostentação Marcos Vinícius também devem parar no Ministério Público do Estado. A cena mostra o parlamentar de Cuité exibindo maços de dinheiro, insinuando que seria gastos com “quengas”.

Barbosa lembrou o caso de um vereador do partido de um município do interior do Estado, que apresentou um “voto de aplausos” ao deputado federal Jair Bolsanaro (RJ), que defende tudo o que é contrário aos movimentos sociais. “Resultado: foi chamado a retirar a propositura para não ser expulso do partido e perder o mandato”, afirmou.

A depravação é tamanha que a platéia olha com saudades do tempo em que as pessoas eram mais puras.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.