Deputado pode estar criando movimento ‘estou indo embora’

Pré-candidato a prefeito de João Pessoa, o deputado Manoel Júnior (PMDB) está mais próximo do PSDB do que a permanência no partido do senador José Maranhão. A legenda não admite romper a aliança com o PSB, partido com quem esteve no segundo turno da campanha passada para o Governo do Estado. Sabendo disso, MJR já está pensando no plano “B” e abrigar filiação partidária, a partir de setembro, no ninho dos tucanos.

Diz-se que o peemedebista já estaria abrindo mão de concorrer as eleições de 2016. O fator principal é arregimentar forças políticas para apoiar o projeto de concorrer à sucessão municipal, dificuldade a ser encontrada até mesmo na hipótese de transferir-se para o Partido da Social Democracia Brasileira do senador Cássio Cunha Lima, líder dos tucanos no Senado.

Existe uma dificuldade ainda maior: a campanha de 2018 e uma acordo já combinado para o governador Ricardo Coutinho apoiar o deputado Veneziano Vital (PMDB) para sucedê-lo. Se vai dar certo, o tempo é o senhor da verdade.