Cássio admite tucanos e PMDB no mesmo palanque

Sem quadros para as eleições de João Pessoa em 2016, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) admitiu aliança com o PMDB, caso o candidato seja o deputado Manoel Júnior. De passagem por Sousa no final de semana, o tucano foi instado sobre a possibilidade de união com os peemedebistas. “A gente teve trajetória comum em várias cidade”, disse CCL se referindo ao pleito municipal passado.

Citou como exemplo a participação dos tucanos no apoio ao atual prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB), “nosso parceiro da campanha do ano passado”, ressaltou o senador Cássio ao lembrar que Gadelha apoio sua então candidato ao Governo do Estado em 2014.

Cássio não comentou como vai acontecer a operação “todo no mesmo palanque” na campanha de João Pessoa, um assunto que somente pretende discutir quando o deputado Manoel Júnior estiver com sua pré-candidatura definida pelo Partido do Movimento Democratico Brasileiro.

Na hipótese do acordo, segundo informações de bastidores, o PSDB deverá indicar o candidato a vice e nome já vem sendo especulado: Lauremília Lucena, então vice-governadora do Estado e esposa do ex-senador Cícero Lucena, que rejeitou o convite para ser candidato a prefeitura da Capital pelos tucanos.