Petista sugere rompimento da aliança com PMDB

Se estava ruim, a relação política entre PT e PMDB ficou pior nesta quarta (30) depois que o deputado petista Jorge Solla (BA) aconselho a presidente Dilma Rousseff a romper a aliança com os peemedebistas. Deu-se nesta tarde durante a discussão, em plenário, da polêmica votação da Redução da Maioridade Penal ocasião em que os peemedebistas agiram na contramão das articulações  realizadas por membros do governo.

O parlamentar acusa o PMDB de negociação com o PSDB “para uma proposta alternativa à redução da maioridade penal, que poderia ter dato bons frutos, mas o presidente (Câmara) Eduardo Cunha entrou em cena, ameaçou o PSDB e trouxe os tucanos na gaiola para uma posição mais retrógrada, mais prejudicial a sociedade”.

Adiante comentou: “Até o PDT, que em seu programa de televisão defendia a manutenção da maioridade aos 18 anos, depois da pressão do PMDB mudou de postura”, comentou o deputado baiano que avalia não haver mais ambiente para PT e PMDB ocuparem o mesmo espaço no Palácio do Planalto, em Brasília.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.