A distância é que separa o senador Lira da Paraíba

Com mais de dois mil quilômetros de distância, o senador Raimundo Lira (PMDB) acena para o eleitorado paraibano com um “não se esqueça de mim”, onde se reporta a uma possível candidatura à reeleição, após ter assumido a titularidade do mandato sem que tenha obtido um único voto na campanha de 2010.

O senador se esforça para convencer que está trabalhando muito pela Paraíba. Pelo menos isso é observado pela grande quantidade de informações repassadas pela sua assessoria a mídia paraibana.

A mais recente é sobre a “aprovação de plano de trabalho, que aborda temas como a normalização do fluxo das águas, a segurança dos solos, a viabilidade do cronograma, o bem estar social do cidadão e a preservação dos ecossistemas”.

Tudo isso para falar que “acompanha as obras de transposição de águas do Rio São Francisco”. Lira preside a Comissão Externa do Senado que trata da questão, mas ainda não fez uma visita aos trechos localizados nos municípios paraibanos.

Depois que assumiu a cadeira no Senado, o político Raimundo Lira veio a Paraíba uma única vez, tendo “boicotado” a reunião da bancada paraibana com o governador Ricardo Coutinho (PSB) no começo desta semana.

Não basta ser “pai”, tem que participar, senador.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.