Vereador afirma que sofreu tentativa de homicídio. Áudio!

A julgar pelo áudio divulgado na manhã desta segunda (16), conforme previsto, o vereador José Eudes (PP-foto) apanhou, de fato, do prefeito Leto Viana. O esclarecimento sobre a agressão sofrida pelo parlamentar na semana passada veio a pública durante entrevista coletiva realizada no Cabedelo Clube. “Não fale mais do meu filho e da minha família…”. Foi assim que Leto provocou o clima para ganhar força no seguinte momento:

– Não toque no nome de Jaqueline, se quiser falar de mim fale, mas não fale na minha família.

José Eudes, a vítima, disse que “decidi apresentar o áudio de toda essa confusão, inclusive porque foi uma tentativa de homicídio; o prefeito quis sacar uma arma contra mim e só não conseguiu porque o segurança não deixou, mas graças a Deus sai com vida, foi realmente uma emboscada e hoje estou aqui para contar a história”.

A confusão, segundo o vereador Eudes, foi gerado por causa de uma denúncia formulada contra familiares do prefeito de Cabedelo, que ficou conhecida como a “grande família”, cujos parentes de Leto Viana embolsavam dos cofres do município cerca de R$ 50 mil mensais e que só o filho do prefeito recebe R$ 10 mil/mês.

Sobre a denúncia, o vereador justificou assim: “Eu venho fazendo uma oposição forte, venho denunciando a corrupção, os cargos com cifras astronômicas e entre eles estão como beneficiários o filho e a esposa dele; então o prefeito disse que eu estava mexendo com a família dele e eu dizia a ele que não, que eu apenas estava denunciando os desmandos da cidade e entre eles estavam os altos salários recebidos pelos familiares dele e ele não gostou e decidiu me agredir”, concluiu.

Cadê o prefeito? – Na sexta (13), depois do episódio, o prefeito Leto Viana foi para as redes sociais e desmentiu que tenha agredido o vereador José Eudes. Hoje, pelo até o momento do fechamento desse texto, ele não apareceu para dar a sua versão.

Clique para ouvir:
Ouvir