Leto vai voltar às manchetes policiais nesta 2ª

Nesta segunda (16), o prefeito Leto Viana volta às manchetes policiais acusado de agredir o vereador Eudes Sousa, a vítima. Eudes desligou a tomada nas últimas 48 horas da suposta agressão que sofrerá na sexta (13). Deverá produzir um curto circuito depois de amanhã durante entrevista coletiva no Cabedelo Clube, quando apresentará provas da sessão de “MMA” protagonizada por Viana em pleno ambiente do legislativo municipal.

Eudes tornou-se um arquivo de alta voltagem. Ele é responsável pela denúncia da “grande família” instituída pelo algoz Leto Viana na prefeitura de Cabedelo. A folha dos familiares do alcaide da cidade portuária ultrapassa a R$ 50 mil mensais, conforme o denunciante.

Situado no posto do maior escalão do município, Leto emplacou pessoas ligadas aos “Viana” em diversos cargos da estrutura da prefeitura. Decerto, Eudes, a vítima, não deverá tratar a respeito do assunto “grande família”, porque a triglicéride pura deverá ser o áudio com a conversa posterior a suposta agressão.

Ele tem muito a dizer. Ah, fala logo Eudes.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.