Cachê de R$ 50 para manifestantes da sexta, 13

Não todos, mas manifestantes desta sexta-feira, 13, “em defesa da Petrobras” receberam R$ 50 de cachê para participar da maratona. Quem foi contemplado nem sabia por que ali estava. Talvez, se soubesse que o objetivo foi demonstrar “apoio a presidente Dilma Rousseff” não teriam comparecido. Ou, foram lá para fazer número.

O Diário do Poder, editado pelo jornalista Cláudio Humberto, contou que “ao menos um homem ligado ao Sindipetro NF (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense) foi flagrado em vídeo distribuindo notas de R$ 50, sem a preocupação de ser visto”.

Em meio a multidão e de forma discreta “entregava o dinheiro e pedia que as pessoas amassassem as notas para impedir que fossem vistas”.

Noutro momento destaca que “um homem de 18 anos, Matheus Silva, desempregado que também protestava ‘contra a corrupção’, contou haver recebido R$ 50 para participar da manifestação…”.

“[…] Também desempregada, Luciana e seu marido, Marco Aurélio, afirmaram ter recebido R$ 80 do sindicato para participar do ato no Rio. Luciana achava que o ato era em razão dos royalties “que estão querendo tirar do Estado do Rio”. (DP).


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.