Rômulo Gouveia recebe patente de ‘general’ do PSD

Não basta ser parlamentar. É preciso, acima de tudo, ser um bom articulador e Rômulo Gouveia, neste primeiro momento, comprovou está trilhando o caminho certo depois da escolha do seu nome para vice-líder do PSD – seu partido – na Câmara Federal. A notícia se espalhou e ocupou os espaços nos diversos portais do Estado.

Decerto não se considera um “general”, pois nem mesmo a ligação do “PSD de Rômulo Gouveia” ele aceita. O deputado federal retorna a “casa” com o pé direito após cumprir quatro anos no cargo de vice-governador da Paraíba. A nova missão o coloca como um parlamentar com perfil de articulador e vai ajudar o governo nas votações no plenário.

O cargo de vice-líder o deputado Rômulo Gouveia já assumiu nesta quinta (19), “o que aumenta a minha responsabilidade, especialmente em saber que vamos trabalhar na liderança da quarta (34 deputados) maior bancada da Câmara”. Ele adiantou que recebeu do deputado Rogério Schumann Rosso (PSD-DF), o líder da bancada, o convite “e não hesitei em aceitar”, proclamou.