Manoel Júnior não deu pra trás; segue lutando

Desistir jamais! Eis o lema do deputado federal Manoel Júnior, que segue articulando em torno da indicação do seu nome para líder do PMDB na Câmara, a Casa Baixa do Congresso. A mídia nacional jogou no asfalto que ele teria desistido. A reação veio imediatamente: “Não tem procedência”.

Manoel Júnior garante que “estou em plena campanha, indo de gabinete em gabinete, distribuindo os meus panfletos, conversando e, portanto, não tem essa história de desistência”. O desmentido decorre a notícia veiculada pelo jornalista Felipe Patury, da Revista Época, que divulgou em seu blog.

Disse que, além de Júnior, haviam desistido os deputados Leonardo Quintão (MG) e Alceu Moreira (RS). Isso ocorre por causa da boa relação do parlamentar paraibano com o novo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), ex-líder do PMDB.

Independente de ser ou não ser líder, Manoel Júnior é um vitorioso. Afinal, goza do prestígio de um dos nomes mais importantes da República: Eduardo Cunha.