‘Rico’ Coutinho, filho do governador, se envolve em acidente na orla

Filho do governador Ricardo Coutinho, do PSB, “Rico” Coutinho pode ter sido condutor do veículo Ford Focus, placas PUP-4479, de Belo Horizonte, que na manhã deste domingo (28) atropelou duas ciclistas na orla marítima de João Pessoa. Quem assumiu a responsabilidade foi Nildo Lacerda, presidente do PSB do Conde. Levado à Delegacia, ele disse que dirigia o carro.

Quanto a “Rico” Coutinho foi pra casa dele, como se nada tivesse acontecido. Testemunhas disseram que o filho do governador estava com sintomas de embriaguez. Nildo Lacerda também. Qualquer pessoa pode se negar a passar pelo teste. Esse direito existe porque, segundo a lei brasileira, ninguém é obrigado a produzir provas contra si mesmo.

Pela Lei Seca, qualquer motorista que se recusar a fazer o teste poderá ser autuado por infração gravíssima (multa de R$ 957,70 e perda de 7 pontos na carteira), tendo ou não mostrado indícios de consumo de álcool. É a mesma pena dada a quem é flagrado no Bafômetro com teor igual ou superior a dois decigramas de álcool por litro de sangue.

ricoatropela2

As duas ciclistas foram socorridas para o Hospital de Trauma de João Pessoa. “Rico” e Nildo se recusaram da fazer o teste do bafômetro, em que pese algumas pessoas terem afirmado que ambos estavam com sinais de embriaguez. O fato ocorreu às 8h30min na praia de Cabo Branco.

“Rico” ignorou a presença da Polícia. Foi embora sem dar satisfação alguma. Já Nildo foi levado a Delegacia e foi autuado em flagrante. O caso ganhou grande repercussão por se tratar do filho do governador do Estado e, ainda, por se tratar de um crime de trânsito.

O fato acontece poucos dias depois do governador culpar a imprensa pela violência no Estado.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.