No caso da escolha de Vital, Manoel Júnior fez a apresentação

É ver pra crer, mas o deputado federal Manoel Júnior está certo, assim como dois + dois = quatro, que o senador Vital do Rêgo, quando assumir o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União, “terá amplas condições de trabalhar para combater a corrupção no Brasil”. Em nome do PMDB nacional, MJR fez a apresentação da indicação de Vitalzinho durante votação que escolheu seu nome para o TCU na Câmara Federal.

“[…] Como seu correligionário e conterrâneo, apresento a indicação de Vital, sob a orientação do presidente nacional do PMDB, Eduardo Cunha, para este órgão de controle de contas, ligado ao Congresso”, disse Manoel Júnior durante a sessão que aprovou a indicação de Vital para ministro do Tribunal de Contas da União.

Por coincidência, a aprovação do nome de Vital ocorreu no dia dedicado ao combate à corrupção para externar a sua expectativa em relação à atuação do paraibano no órgão máximo de controle de contas do País. “No dia em que o mundo comemora o combate à corrupção, nada melhor do que apresentarmos um nome que sabemos que tem condições de combater esse mal”.

Destacou, ainda: “Esse mal que corrói nosso País, que tira comida da boca do pobre, tira da saúde e a infraestrutura precária”.

Outros paraibanos votaram favorável a indicação de Vital para o TCU, a exemplo dos deputados Hugo Motta (PMDB), Damião Feliciano (PDT), Efraim Filho (DEM) e Aguinaldo Ribeiro (PP).

A Paraíba segue fazendo história.