Desconfiado do PSB, peemedebê quer realizar duas eleições em uma

O PMDB ainda não parou para fazer uma autocrítica. Quando vem fazer é a favor. A mais recente é a proposta de fazer duas eleições para presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa em uma. Tem como autor o deputado peemedebista Gervásio Maia. Há quem analise que foi feita com medo de tomar uma rasteira do PSB, partido do governador Ricardo Coutinho.

Como se sabe, Gervásio seria diretamente beneficiado com duas eleições em uma, coisa inédita em qualquer parlamento nacional. Ele seria o presidente no segundo ano da próxima legislatura, um acordo entre o PMDB e PSB, também do deputado Adriano Galdino, que seria presidente no biênio 2015/2016.

O deputado Manoel Ludgério (PSD) protestou de pronto. Disse que o PMDB está com pressa “porque tem medo de levar uma rasteira do PSB”. Será? Tudo indica que sim, se levado em consideração a iniciativa do peemedebista Gervásio Maia em realizar duas eleições, a primeira para eleger Galdino e a segundo ele.

Ou tudo não passa de uma grande esperteza de Gervásio ou alguém precisa apresentar ao deputado à autocrítica.

Uma coisa ou outra.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.