Folha revela que governador Ricardo pediu mais ajuda financeira ao PT

A despeito da “campanha pobre” proclamada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) após a apuração dos votos no primeiro turno, nesta sexta (31) a Folha de São Paulo noticia que RC apresentou a fatura a presidenta Dilma Rousseff (PT) pelo apoio no segundo turno das eleições. Em forma de apelo, pediu para que o comando da campanha nacional do Partido dos Trabalhadores assuma débitos milionários do pleito em nível estadual.

Segundo foi noticiado, houve a recomendação a um doador para que colaborasse com R$ 2 milhões para a campanha do governador Ricardo Coutinho no segundo turno das eleições. Destaca que o então candidato à reeleição estaria endividado e apelando por mais ajuda.

Conforme ainda o escrito do jornal Folha de São Paulo, o governador paraibano teria dito o seguinte: “Devo e não nego, pago quando puder”, um jargão utilizado a quem tem dívidas a pagar.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.