Oposição já articula uma reunião para redefinir seus rumos

Por enquanto, o que há de concreto é uma reunião dos integrantes dos partidos que seguiram com o então candidato Cássio Cunha Lima (PSDB) para redefinir os rumos da futura e nova oposição que nasceu das urnas das eleições de 2014. Pode ser o início de uma discussão que servirá para saber quem é quem e quantos parlamentares a bancada oposicionista irá contar a partir de fevereiro do próximo ano.

O encontro ainda não tem data confirmada, mas deverá contar com a participação do senador Cássio Cunha Lima, do deputado federal Ruy Carneiro e liderança dos partidos aliados. Pretende-se definir uma agenda de trabalho e a linha a ser seguida a partir de agora.

Pretende-se definir também o comportamento a ser adotado pela bancada de oposição em relação ao segundo governo do socialista Ricardo Coutinho. Para o senador Cássio, oposicionistas devem fazer oposição dura, mas, no entanto, responsável.

O então candidato a governador Cássio Cunha Lima acha que o resultado da eleição de 26 de outubro, que finalizou o processo eleitoral de 2014; não deixou outro caminho para o PSDB, falando partidariamente, conforme enfatizou o tucano durante a entrevista coletiva de segunda (27).