Cartaxo prepara reforma para reforçar aliança com o PSB de Ricardo

A notícia foi jogada no asfalto na manhã desta quarta (29) pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT). Ele anunciou o previsível: uma reforma administrativa no seu governo. Tudo dentro da anormalidade, até para que possa atender a nova conjuntura política que saiu de dentro das urnas do último domingo.

Cartaxo pretende abrir espaço para o PSB, partido do governador Ricardo Coutinho, recém reeleito, após celebrar a aliança ainda no primeiro turno das eleições, quando indicou o irmão Lucélio Cartaxo para compor a chapa majoritária encabeçada pelo socialista na vaga de senador.

Também uma reunião com os vereadores de sua base política está prevista para os próximos dias, talvez ainda esta semana. Alguns precisam fazer uma reflexão sobre o trabalho na campanha eleitoral deste ano, já que não seguiram a orientação do prefeito. Mudanças, portanto, deverão ser feitas dentro da base.

O que está claro, segundo um interlocutor: vereadores que não seguiram a orientação de apoiar o governador Ricardo no segundo turno das eleições deverão perder espaço na gestão petista, em que pese terem acompanhado Lucélia na disputa para o Senado.

Em síntese é isso. Ademais, é aguardar o resultado pratico do que fora anunciado.