O presente e o futuro marajá Ricardo Coutinho

Durante compromisso de campanha no município de Salgado de São Felix, o governador reeleitoral Ricardo Coutinho (PSB) tachou o seu maior rival da eleição deste ano, Cássio Cunha Lima (PSDB), de marajá. Porém…

… Porém, não se deu conta de uma coisa: Ricardo, no futuro, também será enquadrado como marajá. Talvez, com uma diferença, se levado em conta que Cássio, ao assumir o mandato de senador, pediu para suspender a pensão de ex-governador. Será que RC fará o mesmo?

Talvez não pelo que ele proclamou em Salgado de São Felix: “Na democracia, todos somos iguais perante a lei”.

É bom lembrar que uma regulamentação não pode ser superior à lei, e a lei é clara ao vedar a aposentadoria para quem ocupa cargo eletivo. Cássio agiu dentro da lei, quando pediu a suspensão. Ricardo erra quando permitiu a volta do benefício, que no futuro irá se utilizar dele.

Decerto Ricardo concedeu porque está na lei. Portanto, é legal.