Um debate sem vencedores nem vencidos

Perdeu quem não assistiu aquele que se pronuncia como o melhor debate das eleições majoritárias deste ano, realizado pela TV Arapuan na noite passada. Os candidatos Major Fábio (Pros), Vital do Rêgo (PMDB) e Tárcio Teixeira (Psol) investiram contra Cássio Cunha Lima (PSDB) e Ricardo Coutinho (PSB) – governador reeleitoral -, eles que melhor estão pontuando nas pesquisas de intenções de votos.

Consciente de que o timbre água-com-açúcar não levará a lugar nenhum, Major Fábio foi pra cima com criticas pesadas contra o governo do PSB, lembrando o fato recente de um homem que se acorrentou num hospital público porque sua mãe estava há quatro dias sem atendimento médico. “A saúde da Paraíba não existe”, complementou.

O governador Ricardo Coutinho, candidato à reeleição, ouviu as criticas do seu rival, sem que tenha entrado no assunto do protesto do homem em frente ao hospital público aqui de João Pessoa. Resumiu-se a dizer que o seu governo foi o que abriu o maior número de leitos e alfinetou seu principal adversário da sucessão: “Na gestão dele (Cássio) nem isso produziu”.

Espremido, Cássio foi para o contra-ataque utilizando o mesmo antídoto: saúde. Ele falou dos serviços prestados pelo Trauma de João Pessoa. Porém, mostrava-se mais tranqüilo, talvez por causa do cenário eleitoral lhe favorecer neste momento. Mas esteve altivo no momento em que foi chamado a intervir.

O candidato Vital produziu o melhor momento do debate, quando declarou que “o Estado está ingovernável”. Tárcio Teixeira também foi na mesma linha de criticas ao governo, bombardeando a gestão socialista nas áreas de saúde, educação, segurança pública, funcionalismo e desenvolvimento, temas abordados no debate.

O debate foi abrilhantado pela participação de 10 representações do segmento da sociedade civil, o diferencial do evento promovido pelo Sistema Arapuan de Comunicação.

É bom lembrar que não houve vencedores nem vencidos. Nenhum escorregão irreversível. Significa dizer que o debate se prestou para à consolidação de posições.

Mas os recados foram dados.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.