Troca de marqueteiro é mistério na terra dos girassóis

Há um grande mistério por trás da troca de marqueteiro da campanha à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), faltando oito dias para o inicio da propaganda de televisão e rádio. Pode a candidatura reeleitoral estar passando por uma grave crise, talvez motivada pelo volume de movimentação do principal rival senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

O publicitário Fernando Veloso foi substituído por Rui França, ex-secretário de Comunicação de Alagoas. Chega sem conhecer praticamente nada da Paraíba, sobretudo da potencialidade eleitoral do adversário do cliente. A mudança poderá ser transformada num grande risco para quem está precisando dá novo ânimo a campanha “socialista”.

O que se tem de informação do fechado grupo dos girassóis é que o novo marqueteiro já está trabalhando, contando com a colaboração, claro, do secretário estadual de Comunicação, Luis Torres, e o coordenador da campanha do PSB, Célio Alves, cuja permanência na função é uma incógnita.

Um dos líderes políticos ligado ao Palácio da Redenção, mesmo sem ser autorizado ou perguntado para falar sobre o assunto, declarou: “A contratação está feita e, de agora em diante, ele assume a campanha na área.