NA PARAÍBA, NÃO HOUVE GREVE de servidores na gestão ‘socialista’

A Paraíba é diferente de outros estados, onde servidores fazem greve e param atividades reivindicando melhores salários ou condições de trabalho. Pois bem, aqui não, quando há qualquer movimentação neste sentido o governo aparece para estancar possíveis movimentos grevistas. Pelo menos foi o que declarou o candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB) durante entrevista a uma emissora de rádio da capital.

Veja o que ele disse: “Não houve greve durante a minha gestão porque eu negociei com as categorias, quando havia proposta eu sempre estava à frente delas […] No caso dos policiais e professores, eles entenderam que os tempos estavam mudando”.

Ainda sobre os servidores: “Tratamos os nossos funcionários com respeito e estimulamos a data-base para as categorias”. Quis dizer que adotou uma política de valorização do servidor que veio pra ficar. Talvez, pode não ser essa a realidade.

E o Fisco, os policiais civis e militares, professores… o que têm a dizer?