CONVICTO, ADVOGADO DE CÁSSIO diz que o direito do tucano é bom

Um dos coordenadores jurídicos da campanha do candidato a governador Cássio Cunha Lima (PSDB), também senador da República, o advogado Fábio Andrade (foto) jogou um balde d’água gelada nos adversários, que tentam impugnar o pedido de registro de candidatura do tucano. Convicto de que o direito de CCL é “bom”, Andrade lamenta porque se tenta ganhar a batalha no tapetão ao invés de levar a disputa para o voto. “É democrático assim”.

A defesa do candidato Cássio está ultimando as argumentações para rebater as denúncias apresentadas nas impugnações. Os signatários das ações de impugnação alegam a falta de quitação eleitoral e prazo de elegibilidade, após a cassação.

Neste sentido, a defesa irá apresentar a certidão de quitação eleitoral, documento anexado junto com o processo protocolado no dia do registro de candidatura e, ainda, vai argumentar que mesmo o prazo de punição para Cássio fosse de oito anos, ele teria cumprido a inelegibilidade, estando em 2014 elegível.

Para desespero dos adversários, o advogado Fábio Andrade meio que “tranqüilizou” aos que questiona a candidatura do PSDB. “Não há qualquer dúvida de elegibilidade. Por quê? Não existe uma nova eleição no segundo turno, apenas uma necessidade de nova votação”.

Ele prossegue: “Nossa confiança é total e não haverá problema para oficializar a candidatura de Cássio ao governo. Desta vez, a eleição será decidida no voto e não no tapetão, para que assim o povo possa decidir nas urnas”.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.