CASA CAIU PARA EX-PREFEITO DE Sousa; ele teve bens bloqueados

Acostumado a dar alfinetada nos adversários, o ex-prefeito Fábio Tayrone Braga de Oliveira (PSDB, de Sousa) sempre age como se o seu telhado não fosse de vidro. Nesta quinta (17), porém, a casa caiu para ele com a decisão do procurador federal Flávio Martins, que lhe passou a caneta na Ação Cautelar com pedido de bloqueio de bens do então gestor sousense, também no ex-secretário de Saúde do Município, Gilberto Sarmento.

Sabe o que significa: a preparação para outra ação, desta vez de improbidade administrativa. Ou seja, a maré de azar do ex-prefeito de Sousa, Fábio Tayrone, que só não disse que o seu sucessor é santo. Tayrone é acusado de desviar recursos na ordem de R$ 389 mil do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o Diário do Sertão – veiculou a notícia -, o valor seria referente às atividades de prestação de serviço ambulatoriais da Empresa Hope Medical Ltda, de acordo com contrato celebrado entre a Secretaria de Saúde no período de março a julho de 2010.

Pelo visto, Fábio Tayrone não é e nem nunca será uma boa companhia para os políticos que estão na disputa pelos votos dos eleitores de Sousa no pleito de outubro.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.