PDT EMPRESTA NOME DE LÍGIA Feliciano; agora cobra a fatura

Ocupando a vaga de vice na chapa à reeleição para o governo da Paraíba, o Partido Trabalhista Brasileiro administra sua participação de olho para o futuro, cuja cobrança da fatura virá em duas formas: 1 – uma antecipada, que foi a indicação da médica Ligia Feliciano; 2 – com vencimento pós-fixado. No entanto, poderá vir antes mesmo do esperado.

Nas conversas de bastidores, o partido do deputado federal Damião Feliciano planeja ocupar, se possível, todos os cargos no Estado que ficarão disponíveis com a debandada de auxiliares do governo para a base do candidato de oposição ao Palácio da Redenção. Só está semana estão à disposição quatro funções, das quais a Secretaria da Controladoria.

Os pedetistas estavam de saída para a candidatura adversária. Eis que para segurar o partido com quase um minuto de televisão na propaganda eleitoral era necessário escalar alguém de Campina Grande para vice. Então, surgiu o nome da doutora Ligia e dessa vez não teve quem contestasse, até porque outros convites foram feitos e ninguém aceitou.

Uma fonte da legenda “socialista” foi categórica em repassar ao signatário do blog a informação de que se arrependimento matasse, o candidato reeleitoral estava “mortinho da silva”.  Por quê? O nome não agregou. Mas não é hora para lamentações. O que virá adiante será a cobrança por mais espaços no governo e disso o partido de Damião é especialista.

De resto, conclui-se para o futuro um prejuízo maior.