VENEZIANO GARANTE A PEC-300 E suspensão do contrato com a CV

Candidato ao Palácio da Redenção, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) disse que está pronto para atender os apelos da sociedade, que clama por um melhor atendimento na saúde e combate a violência. Sobre esses dois assuntos, a segurança em especial, coloca a Paraíba entre os seis estados mais violentos do país, quando o governo de hoje prometeu em campanha resolver o problema em seis meses de gestão.

“Não resolveu porque não tem compromisso com a população […]. O resultado aí está: a Paraíba entre os estados mais violentos do país e João Pessoa, que já foi gerenciada por sete anos pelo governador que aí está; ostentando uma das cidades mais violentes do mundo”, disse o candidato a governador Veneziano.

Durante entrevista nos estúdios do programa Rádio Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação, Veneziano anunciou como uma de suas propostas para resolver o problema da segurança remunerar bem as policiais Militar e Civil do Estado, garantindo instituir a tão sonhada PEC-300. A propósito, um projeto do PMDB, que o governo “socialista” barrou.

É claro que existem outros setores da administração pública estadual a se preocupar, paralisados desde a instalação do governo “socialista”. Porém, tem um assunto a ser resolvido imediatamente e que não pode deixar para depois, até porque corre sério risco de muito dinheiro do contribuindo paraibano continuar saindo pelo ralo, até foi constatado pelo Tribunal de Contas.

Isso mesmo. A saúde, como um todo, é claro, mas há um problema maior que envolve esse setor: chama-se Cruz Vermelha, que não é aquela internacional, mas uma “Cruz” que está levando muito dinheiro da Paraíba. “Vou suspender no mesmo dia de minha posse”, garantiu Veneziano na hipótese de ser eleito governador do Estado.

Certamente, esses são os assuntos que os paraibanos pedem ao candidato do PMDB que olhe com atenção, porque segurança e saúde é coisa seria. Infelizmente, não se tem conduzido dessa forma.

Lamentável!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.