PSDB PREPARA SEU CONSELHO DE Ética para receber o ‘teimoso’ Mineral

O suplente Hervázio Bezerra (PSB) está de volta a Assembleia Legislativa, também a liderança da bancada do governo, mas a articulação deverá trazer conseqüências para o deputado Antônio Mineral (PSDB), que abriu caminho para o Palácio da Redenção obter permissão para por em prática mudança. Na operação batizada “de volta para o meu aconchego”, o deputado Manoel Ludgério (PSD) deu a sua contribuição.

Ludgério e Mineral pediram licença sem vencimentos. Repetindo: licença sem vencimentos. Acredite se quiser. Você não está obrigado. Para o primeiro, não haverá nenhum problema, pois o PSD é da base aliada do governo “socialista”, vota no projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). O segundo, porém, deverá passear pelo Conselho de Ética do PSDB.

Pois é, o deputado licenciado Antônio Mineral corre o risco de ficar sem legenda para concorrer a reeleição. Afinal de contas, o PSDB tem candidato a governador e o parlamentar não está cumprindo aquilo que prometera de ficar na base governista até o mês de junho, inclusive proclamado pelo próprio Mineral nos corredores da Assembleia.

Vai arcar com as conseqüências.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.