COMISSÃO DE CONTROLE: MOTTA discute simuladores em auto escolas

O deputado federal Hugo Motta (PMDB) presidiu a audiência pública da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, que ouviu o ministro das Cidades, Gilberto Occhi, acerca do uso de simuladores em auto escolas. Para o parlamentar paraibano, o ministro disse: “Estamos abertos, e a discussão é que vai dizer como será o uso desses simuladores”.

Embora técnicos do ministério não trabalhem com a hipótese de retirar a obrigatoriedade, o ministro disse que é possível discutir qual o melhor momento para adotar a medida. “A questão do simulador é que ele é mais uma ferramenta no combate aos acidentes de trânsito e na melhoria da educação de trânsito. Poucos países têm uso obrigatório de simuladores, mas também nenhum país também tem o número de mortes e acidentes que nós temos”, revelou.

Segundo técnicos do ministério, a província do Quebec, no Canadá, a Finlândia e a França tem simuladores obrigatórios, e o Japão tem simuladores obrigatórios para motos.

O projeto que apoiava a norma do Contran (PL 4449/12) foi rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. E ainda há um projeto de decreto legislativo (PDC 1263/13) que susta a norma do Contran pronto para ser votado no Plenário.

Blog/Assessoria

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.