MAIS UMA VEZ, VITALZINHO É convocado para salvar o Planalto

Só cai “osso duro” no colo do senador Vital do Rêgo (PMDB). Ele está com a incumbência de dar andamento, na Comissão de Constituição e Justiça, da qual é presidente no Senado da República; os pedidos de criação da CPI da Petrobrás. Vitalzinho é uma espécie de salvador da pátria para o Palácio do Planalto, que quando precisou dele para presidir a Comissão Parlamentar de Inquérito do “Cachoeira”, lá estava o político paraibano para cumprir o seu papel.

Deu-se depois que o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL), do Senado, rejeitou questões de ordem do governo e da oposição. Na prática, deve ter uma única CPI para investigar, ao mesmo tempo, denúncias de envolvendo a Petrobras e contratos dos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal. A decisão de Renan, porém, ainda passará pelo exame da CCJ.

Vital do Rêgo, que preside o colegiado, recebeu na tarde desta quinta (3) do presidente Renan Calheiros o pedido formal para que a Comissão de Constituição Justiça e Cidadania analise sua posição contrária às questões de ordem relacionadas à criação de CPIs para investigar a Petrobras. De pronto, senador Vital marcou para a próxima terça (8) a reunião para analisar a matéria.

Na condição de presidente da CCJ, Vital se comprometeu, junto ao presidente do Senado, de dar total celeridade para que a matéria seja analisada na comissão. Ele observou que caberá aos senadores membros da comissão analisar todas as questões relacionadas à criação de CPIs para investigar a Petrobrás.

Investigação ampla – O líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE) já afirmou que deve prevalecer a opção de uma investigação ampla, abrangendo não só negócios da Petrobras, mas também contratos que envolvem os governos de São Paulo e Pernambuco, entre outros.

Como o senador Vital não tem o sentimento de rancor, a exemplo da CPI do “Cachoeira”, certamente, vai salvar o governo de mais um escândalo nacional no ano das eleições.

Veja você, a “roda gigante” girou rápido. Recentemente, a presidente Dilma desprezou a indicação de Vital para assumir o Ministério da Integração nacional. Agora, mais do que nunca, está precisando dele.

vitalpetro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.