VITAL PEDE QUE BRASIL REPUDIE qualquer ato que lembre ditadura

O brasileiro precisa repudiar todo o tipo de ditadura ou gestos ditatoriais que ferem a liberdade plena”. A observação foi feita pelo senador Vital do Rêgo Filho (PMDB), autor do Projeto de Resolução criando a Medalha Ulysses Guimarães com o objetivo de homenagear pessoas, ou instituições, que se destacaram na promoção da cidadania e na luta da democracia.

Disse: “o país não pode mais retroceder e aceitar práticas que tirem o direito da liberdade dos cidadãos, conquistados com o advento da Constituição de 2008”. As declarações do senador ocorreram nas vésperas do aniversário de 50 anos do golpe de 1964 nesta segunda (31). Neste sentido, o Senado promove sessão especial para lembrar episódios da época, “um momento de grande reflexão sobre os efeitos do regime”, avalia.

O que pensa o senador sobre o golpe de 1964: “Os fatos acontecidos há meio século precisam ser lembrados e repudiados, para que os jovens nascidos na democracia conheçam a história do seu país e contribuam para o aperfeiçoamento dela”.

Expôs, ainda, que “precisamos lutar com todas as forças para combater quaisquer resquícios de um regime que só trouxe coisas ruins para o Brasil. Nossa luta dever ser no sentido de fortalecer a democracia e os direitos conquistados com o advento da Constituição de 88”.

Os 21 anos de poder militar, iniciadas em 31 de março de 1964, foram marcados por violência, cassação de direitos políticos, censura, repressão e suspensão das eleições diretas para presidente da República e governadores do Estado.

Blog/Assessoria

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.