DISCUTE-SE DEBANDADA DE deputados; Palácio tenta evitar

Para não perder maioria no plenário da Assembleia Legislativa, o governo “socialista” resolveu investir na oposição. O assedio começou depois da noticia da formação da bancada do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que admitiu concorrer ao Palácio da Redenção.

Os governistas deverão perder de seis a oito deputados. A investida exige do deputado Hervázio Bezerra (PSB), líder da bancada do governo, um grande esforço. Neste período do carnaval, ele passou grande parte do tempo no celular em contato com parlamentares.

Não só o líder da bancada do governo. O advogado Marcelo Waick (foto) também foi escalado para atrair parlamentares de oposição à base do governo, também evitar a saída de deputados que estão no bloco para a bancada do senador Cássio.

O grande temor do Palácio da Redenção é quanto ao julgamento pelo legislativo das contas do governo referente ao exercício de 2011, contaminada pelo voto do conselheiro-relator Umberto Porto. O Tribunal de Contas aprovou, mas uma série de irregularidades.

Um dos deputados surpreendido com o chamado para ingressar na base do governo disse ao signatário do blog. “Difícil, o nosso grupo está fechado”. O governador Ricardo Coutinho (PSB) também está trabalhando para não acontecer a debandada.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.