PPS/PB REJEITA APOIO AO PSB. Partido trabalha com dois cenários

Sem acordo com a candidatura à reeleição do PSB, o PPS paraibano trabalha com os cenários de candidato próprio ou apoio ao tucano Cássio Cunha Lima, conforme informou o vereador Bruno Farias (PPS) aos repórteres Anderson Soares e Fernando Braz, do Sistema Arapuan de Comunicação. “Nossas divergências nos impendem de estarmos juntos”, disse o parlamentar se referindo a legenda “socialista”.

Como se sabe, no plano da eleição nacional, PSB e PPS vão estar juntos dividindo o mesmo palanque. Porém, não há ainda uma orientação fechada para que se repetida na Paraíba, por exemplo. “O instituto da verticalização acabou e nosso presidente Roberto Freire tem conhecimento do que passa em nosso Estado e nos garantir que não iria intervir”, adiantou Bruno.

Em São Paulo, o PPS local irá seguir com a candidatura à reeleição do governador Geraldo Alckmin, do PSDB. “Aqui nós devemos marchar junto com os tucanos também apoiando a candidatura do senador Cássio, ou concorrendo com nome próprio”, garantiu Bruno.

Se for assim, o PPS já fechou questão de não aliar-se com o PSB paraibano.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.