SUPLENTE DE SENADOR REVELA elenco de ‘traições’ de Zenóbio

Seguindo o jargão “trair e coçar é só começar”, o suplente de senador João Rafael revelou um elenco de “traições” do ex-deputado estadual e hoje prefeito Zenóbio Toscano (foto), de Guarabira, também secretário-geral do PSDB/Paraíba. O contador de histórias disse que ZT começou a “puxar o tapete” dos aliados em 82.

Deve-se a revelação ao radialista Rudney Araújo, que comanda o programa “Grande Jornal 850”, da Rádio Rural, de Guarabira – realiza mais uma edição da tradicional Festa da Luz -, onde aconteceu desde a mais clara sinalização do rompimento da aliança política do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o governador Ricardo Coutinho (PSB) a entrevista do empresário João Rafael.

Antes de qualquer coisa, é bom lembrar que João Rafael não se entende com Zenóbio Toscano desde alguns anos. Teria sido traído, também? Pois bem, na entrevista a emissora de rádio João Rafael decidiu lavar a roupa suja e jogou no asfalto as quebras de compromissos do prefeito tucano.

Rafael começou a contar as “traições” a partir do ex-governador Ivan Bichara “com quem ele (Zenóbio) tinha uma grande amizade e integrava o seu governo”. Em seguida, fez citações sobre um antigo apoio a candidatura a deputado de Aluízio Afonso Campos, “deixado a ver navios”.

Ainda trouxe à tona a “traição” contra Roberto Paulino e Zé Maranhão, “em quem ele tinha votado para deputado federal, traindo Aluízio Campos”.

Falou da “traição” de Zenóbio Toscano ao companheiro de partido, o hoje senador Cícero Lucena no episódio da candidatura ao governo do Estado em 2010, optando em apoiar a aliança com o hoje governador Ricardo Coutinho.

Mais uma infidelidade de Zenóbio a um aliado está por vir, segundo o empresário João Rafael. “Caso o senador Cássio não tivesse maioria nas pesquisas, ele o convenceria a apoiar à reeleição de Ricardo Coutinho a todo custo ou qualquer outro em que ele pudesse estar no poder”.

Então, se cuida Cássio!

                         rafaelrural

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.