Paraíba está fora do acordo entre PSB e PSDB; só vale para PE e MG

Os tucanos nacionais não metem o bico nas questões eleitorais da Paraíba porque o senador Cássio Cunha Lima, pré-candidato a governador, avisara o seguinte: “aqui mando eu”. Diz respeito ao acordo celebrado entre o PSB e PSDB, a pretexto de resolver questões relacionadas às eleições presidenciais em troca de segurar apoio em Pernambuco e Minas Gerais.

Em recente encontro com o presidenciável Eduardo Campos, o senador Cássio comunicou que o PSDB paraibano estava decidindo sobre o lançamento de candidatura própria ao governo, motivado pelas manifestações populares do “volta Cássio”. O também presidenciável Aécio Neves tem conhecimento do projeto do partido na Paraíba.

Por isso, nesta rodada de entendimentos a Paraíba ficou de fora. “Aqui é diferente de Pernambuco e Minas Gerais, pois o que move lançarmos a candidatura própria é o fato da aliança de 2010 não ter dado certo…”.

“… Prova disso, é o popular em torno da volta de Cássio ao governo do Estado”, disse o senador Cícero Lucena. Tão logo se fechou o acordo válido para Pernambuco e Minais, o parlamentar paraibano, por telefone, conversou com Sérgio Guerra, dirigente do PSDB do vizinho estado.

Cícero recebeu o seguinte informe de Guerra, que é deputado federal: “O caso da Paraíba é diferente; não tem acordo aí”.

                          aecio e cassio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.