Cássio escuta as comparações, mas deve deixar o rompimento para 2014

Confirmado: O PSDB só decide sobre a candidatura do senador Cássio Cunha Lima ao governo do Estado em 2014, anos das eleições. Então, o governador Ricardo Coutinho (PSB) vai ter que suportar – até quando? – a cantilena do eleitor paraibano do “Cássio é candidato!” até quando o líder dos tucanos quiser. Ou seja, segue refém do tucanato paraibano.

Em entrevista ao repórter Marcelo José, da Rádio Sanhauá, o senador Cícero Lucena disse que o governador Ricardo Coutinho (PSB) não tem nada o que cobrar dos tucanos, “porque o PSDB, através de Cássio, foi quem o colocou no governo”, disse. Alguém tem dúvida disso?

A reação de Cícero veio após o governador comparar as gestões dele com a do PSDB, a mais recente aconteceu neste domingo (3) durante o jogo do Botafogo campeão brasileiro contra o Juventude-RS, quando os microfones do Almeidão anunciavam que em dez anos nenhum governo tinha realizado qualquer ação no estádio.

Suou como se o governo Cássio Cunha Lima jamais moveu uma pedra na manutenção do estádio. Assim ocorre com o Dede, o Espaço Cultural… Atinge também a gestão do PMDB, de quem o governador está tentando se reaproximar na hipótese de rompimento com os tucanos.

“Se dependesse de mim já tínhamos resolvido tudo”, concluiu o senador Cícero Lucena. É o desejo da grande maioria dos tucanos.

caradecassio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.