De público, PT descarta aliança com os tucanos, mas em privado…

Publicamente, o ex-deputado estadual Rodrigo Soares (foto) – presidente estadual do PT, descartou uma composição com o PSDB do senador Cássio Cunha Lima, alegando que “estamos em projetos antagônicos”. Mas quando falou em privado chegou a admitir uma negociação ao expor que há uma boa convivência do tucano com o prefeito Luciano Cartaxo.

“A conjuntura política é quem vai dizer se podemos conversar, mas sempre colocando em primeiro plano a divergência programática dos partidos”, afirmou Soares durante entrevista ao programa Rede Verdade (TV Arapuan) nesta quinta (10).

Rodrigo atesta que o “blocão” – PT/PP/PSC – tem pré-candidatos a governador em 2014. “Temos cinco nomes para avaliação do nosso grupo político. Os outros partidos também deverão apresentar alternativas para discussão interna”.

Os petistas apresentam como pré-candidatos os deputados Anísio Maia e Frei Anastácio, Lucélio Cartaxo, Gilcélia Figueiredo e o presidente petista Rodrigo Soares, que defendeu a inclusão do PMDB no grupo dos partidos vitorioso na eleição municipal de João Pessoa.

“Vamos reforçar como mais partidos incluídos no ‘blocão’. O PMDB é um dos nossos, mas precisa vir sem impor candidaturas. Serve também para o PEN e PTB, legendas com quem estamos conversando”, disse Rodrigo.

Outro reforço esperado pelos petistas é o deputado federal Luiz Couto, que praticamente rompeu aliança com o governador Ricardo Coutinho depois que o partido “socialista” saiu da base aliada da presidente Dilma Rousseff.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.