No “vai” e “vai” das obras do governo “socialista” o tempo voa

Ricardo Coutinho (PSB) levou sua candidatura a reeleição para passear no Salão Nobre do Palácio da Redenção na manhã desta segunda (16). O governador, o arcebispo Dom Aldo, o deputado Hervásio Bezerra (PSDB) e alguns poucos comemoraram os “Mil Dias” de gestão. Algumas ações já anunciadas hoje foram jogadas novamente ao meio-fio.

O arcebispo Dom Aldo, o deputado Hervásio Bezerra e alguns outros aplaudiram o discurso do chefe do governo. Anunciou-se algo que já era pra ter sido inaugurado. O Hospital de Oncologia de Patos, por exemplo. O governador informou pela quarta vez o inicio das obras. Ah! Desta vez foi para cravar a ordem de serviço.

                                          mil dias

Nos discursos, nas entrevistas principalmente, estavam proibidas a fazer outras perguntas que não fosse das obras que estavam sendo anunciadas pelo governante do Estado. Vieram as criticas de Ricardo aos antecessores. “Nunca em governo algum se investiu tanto como no meu”.

Em matéria de investimento, os governos anteriores, inclusive do aliado Cássio Cunha Lima (PSDB) e do ex-aliado José Maranhão (PMDB), “se investiu pouco mais de R$ 230 milhões”, enquanto na gestão dele (Ricardo) “estamos investindo R$ 6 bilhões”. Da boca do secretário estadual do PAC, Ricardo Barbosa, chega a R$ 7 bilhões.

Ainda em se tratando de “Mil Dias” do governo “socialista” a construção do Hospital da Região Metropolitana, em Santa Rita, ainda não saiu do papel, mas “vai”… A obra será realizada com emendas dos deputados federais Efraim Filho (DEM) e Damião Feliciano (PDT).

O tempo vai passando e nada, nada, nada…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.