“Candidatura majoritária do PSDB hoje é irreversível”, diz Ruy

O PSDB sentiu o desgaste do governo e prepara para romper a aliança construída em 2010, quando ajudou a eleger o “socialista” Ricardo Coutinho governador do Estado. Presidente estadual da legenda tucana, o deputado federal Ruy Carneiro disse, em entrevista a TV Arapuan, que “a preço de hoje uma candidatura majoritária do nosso partido é irreversível”.

Ruy é da banda tucana que não votou no atual governador nas eleições passadas, “também não votei em Maranhão”. Concorda que o tema campanha eleitoral só deve ser discutida no ano do pleito. “Então, qualquer decisão sobre a nossa candidatura somente será debatida em 2014”.

Os tucanos defendem que o candidato seja Cássio. “Sem dúvida, é o principal nome do PSDB, porque é ele que o povo quer ver disputando o governo”, destacou.

A julgar por essas declarações, os tucanos terão sim candidato a governador no próximo ano. Por isso, já preparam o discurso para romper com os “socialistas”, que deve ser a tentativa de isolamento do senador Cássio no começo da gestão, quando o PSB tentou uma reaproximação com o PMDB de José Maranhão.

Também, o principal, a falta de diálogo com os paraibanos, motivo das queixas que chegam aos ouvidos do senador Cássio Cunha Lima.

                               ruy cassio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.