Ruy: “Não cassação de Donadon envergonha representação política”

Defensor do voto aberto no Parlamento, o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB-PB), lamentou a decisão do Plenário da Câmara que manteve o mandato do deputado condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por crime de peculato e formação de quadrilha, Natan Donadon (PMDB-RO).  Para ser cassado, eram necessários 257 votos ou mais a favor da perda do mandato. Os favoráveis à cassação somaram apenas 233 votos, contra 131 e 41 abstenções.

O parlamentar paraibano votou pela cassação de Natan Donadon e fez um alerta a classe política para a urgente necessidade de aprovação da Proposta de Emenda a Constituição (PEC 20/2013) que acaba com o voto secreto para quaisquer votações no Congresso Nacional. “A decisão provocou um grande constrangimento a Casa. É inadmissível permanecer dessa forma. Isso nos envergonha e diminui a importância da representação política. Precisamos acabar com o voto secreto para impedir decisões absurdas como essa”, desabafou Ruy.

Ruy Carneiro disse que, após essa votação que livrou o deputado da perda de mandato, espera que o presidente da Câmara priorize votação da PEC que acaba com o sigilo nas votações de perda de mandato. “Isso é o mínimo que a Câmara deve fazer. Eu defendo o fim do voto secreto para quaisquer votações do Congresso, inclusive estendendo para as Assembleias e Câmaras Municipais”, disse.

O voto aberto no Parlamento é uma das bandeiras de atuação de Ruy Carneiro. Como deputado estadual ele apresentou por três oportunidades o projeto de lei que acaba com o voto secreto na Assembleia Legislativa da Paraíba.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.