Prefeito faz dever de casa; é aquela história: quem quer, vai…

Como se sabe, não é difícil para estados e municípios conseguirem recursos federais para investimentos em obras. O segredo – não existe outro – é chegar em Brasília com projetos debaixo do braço. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, cumpre à risca uma orientação que recebeu do ex-presidente Lula, quando aqui esteve participando da campanha do petista a prefeitura da Capital.

                cartaxo ministro1

Cartaxo captou a mensagem do ex-presidente da República e cumpre o deve de casa de forma exemplar. Prova disso é que está conseguindo carrear as verbas federais para investimentos nos projetos planejados, compromisso de campanha a prefeito na campanha do ano passado.

Quer uma prova mais recente: Na audiência de ontem (9) com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior e o ministro das Cidades, paraibano Aguinaldo Ribeiro; o prefeito garantiu para João Pessoa recursos na ordem de R$ 911 milhões, que serão investidos em obras de mobilidade urbana.

Independente de quem não esteja cumprindo com o dever de casa, ou que deseja cruzando os braços para não enfrentar problemas da saúde, educação, segurança pública, infraestrutura urbana… o prefeito sabe quais as necessidades da cidade. A quem diga que, no caso da reunião de ontem, em Brasília, era pra o prefeito estar mesmo na reunião.

Ou seja, seria essa uma tarefa exclusiva do governo municipal porque o Ministério por onde sairá os R$ 911 milhões é das Cidades e não dos estados.

Conversa fiada.

O que dizer então do turismo? Um dia depois da verba do Ministério das Cidades, o prefeito da capital permaneceu em Brasília e garantiu R$ 1 milhão para implantação de placas e equipamentos que facilitam a localização de visitantes em João Pessoa.

Vem do Ministério do Turismo os recursos. Durante a solenidade de liberação dos recursos para 34 municípios contemplados pelo PAC do Turismo, Cartaxo foi convidado pelo ministro Gastão Vieira para representar todos os gestores públicos. “A nossa expectativa agora é quanto o anúncio da liberação de verbas pela presidente Dilma para o PAC das Cidades Históricas”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.