Leonardo reage de forma enérgica a desativação de terminal em Cabedelo

O deputado federal Leonardo Gadelha (PSC) declarou apoio a manutenção da base da Petrobras em Cabedelo. Deu-se durante audiência pública realizada na cidade. Na ocasião, o parlamentar destacou a importância que o Terminal de Abastecimento representa para o município e a Paraíba. Em seu discurso (veja foto) reagiu de forma enérgica à possibilidade de desativação do posto.

leo

“Tirar empregos e arrecadação de um estado como a Paraíba é como exigir que um anêmico doe sangue”, comparou o parlamentar, vice-líder do PSC na Câmara dos Deputados.

Os prejuízos provocados ao estado com a perda de arrecadação decorrente da transferência do terminal para o Porto de Suape, em Pernambuco, seriam de R$ 400 milhões por ano, além do corte de 500 empregos diretos, de acordo com levantamento do Governo do Estado e do Sindipetro (Sindicato dos Petroleiros). “Entendemos que a Petrobras seja uma S.A. e siga a lógica do mercado. Mas ela surgiu com capital do contribuinte brasileiro, e precisa ter uma preocupação social”, disse Gadelha.

Ele integra uma comitiva de deputados federais e estaduais que participará de uma audiência, nos primeiros dias de agosto, com o ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, em Brasília. O objetivo do encontro é pleitear a manutenção do terminal na Paraíba.  Também estarão presentes representantes do Governo Estadual, da Prefeitura de Cabedelo e da direção do porto localizado na cidade.

A próxima etapa será uma reunião com a presidente da Petrobras, Graça Foster, no Rio de Janeiro. “Esgotaremos todas as possibilidades de negociação. A Paraíba precisa de mais investimentos, em vez do fechamento de vagas. O envolvimento da bancada federal será decisivo para manter o terminal da Petrobras no nosso estado”, disse Leonardo Gadelha. O deputado federal participou de audiência pública na segunda-feira, dia 29, na Câmara Municipal de Cabedelo, para debater o assunto com vereadores locais, deputados estaduais e membros do Congresso Nacional.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.