Romero fecha o restaurante popular; Zé Luiz, ex do Fome Zero, lamenta

O ex-vice-prefeito de Campina Grande, José Luiz Júnior, também lamentou nesta sexta-feira (26) o anúncio, por parte da Prefeitura de Campina Grande, do fechamento dos restaurantes populares e das cozinhas comunitárias que vinham funcionando normalmente na cidade, até o final do ano passado. Zé Luiz foi coordenador do programa Fome Zero em Campina Grande durante 4 anos, no primeiro mandato do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB).

zeluiz

Segundo José Luiz, o maior prejudicado com o fechamento será o cidadão carente de Campina Grande, que tinha nos restaurantes populares e nas cozinhas comunitárias um local para realizar refeições a preços populares e com qualidade e quantidade suficientes de alimento. “Lamento profundamente esta notícia, me entristece, não só como um dos idealizadores deste projeto, mas também como cidadão, pois sei o que é não ter um prato de comida, como jovem de pouca renda que fui”, disse ele.

Zé Luiz afirmou que, quando comandou o programa Fome Zero na cidade, sentiu de perto a necessidade de acesso a refeição da população carente e viu o tamanho da importância dos restaurantes populares e das cozinhas comunitárias. Ele disse que sente muito pelos milhares de campinenses – destacando-se comerciários que trabalham no centro da cidade, principalmente – que não terão mais o benefício.

Na gestão do ex-prefeito Veneziano foram implantados em Campina Grande dois Restaurantes Populares, sendo um no Centro, que funcionou desde 2006 até o final do ano passado; e outro no Distrito dos Mecânicos, que funcionava desde 2009; e mais nove cozinhas comunitárias, instaladas no José Pinheiro, Malvinas, Galante, Bodocongó, Liberdade, São José da Mata, Pedregal, Jeremias e Catingueira.

Tanto nos restaurantes quanto nas cozinhas – que funcionam como uma espécie de mini restaurantes populares – a população tinha direito a refeições aos preços de R$ 0,50 e R$ 1,00. Ao final da gestão, os restaurantes e as cozinhas forneciam mais de 7 mil refeições/dia, para uma população que proporcionou um índice de 95% de aprovação do serviço e da qualidade, segundo a última pesquisa realizada entre os consumidores.

Também na gestão Veneziano a Prefeitura de Campina Grande, em parceria com o Governo Federal, desenvolveu o Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar – PAA, beneficiando 300 agricultores em Campina Grande e região, para fornecimento de alimentos aos restaurantes populares e às cozinhas comunitárias.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.