Agra critica soberba de Ricardo e já faz levante contra o “socialista”

agrapmdb1

Preterido pelo ex-aliado Ricardo Coutinho e o PSB, quando tinha reais chances de reeleição, o ex-prefeito Luciano Agra encontrou no Partido Ecológico Nacional (PEN) a legenda que pode considerar de “sua”. É o nome que mais incomoda o “socialista” instalado no Palácio da Redenção e deverá ser levado ao estrelado na campanha estadual de 2014.

Circula no meio da oposição com a sabedoria de quem sabe o que quer e almeja. Pelo menos, mais uma vez, ficou comprovado na manhã deste domingo (14) durante evento realizado pelo PMDB de João Pessoa, que empossou o deputado federal Manoel Júnior na presidência da agremiação peemedebista da capital.

“Nós estamos trabalhando a política com o objetivo de ocupar espaço, adquirir musculatura e projeção suprapartidária em busca de uma representatividade que chama-se pela sigla de PEN”, disse o ex-prefeito Agra e provável candidato a vice-governador na chapa das oposições.

De uma coisa ele tem absoluta certeza: a política paraibana vai mudar. “As ruas mostram isso”, sentenciou. É verdade, porque se não houver mudanças as manifestações que ocorreram recentemente não valeram de nada.

Consciente de que tudo passa e que nada é eterno, Luciano Agra comentou que “é preciso fortalecer e esperar o momento certo da definição da candidatura, obviamente recairá sobre aquele que estiver em melhor condição eleitoral”, disse.

Noutras palavras: Agra pensa em assumir a cabeça da chapa dos partidos que irão formar o bloco de oposição. Por quê? “A aliança que está sendo formada nos faz avaliar assim”. Criticou a soberba do governador Ricardo Coutinho, de quem compartilhou o governo municipal que antecedeu ao prefeito Luciano Cartaxo (PT).

“O atual governador dispõe de instrumentos que levam a crer que ganhará a eleição de 2014, mas não é bem assim…”.

“… Ele (Ricardo) conduz uma política tradicional, diferente da doutrina que o governador pregava antes”.

Opinião de quem conhece o “socialista” – com aspas mesmo. Voltou a falar em mudança durante entrevista aos jornalistas, destacando que “ninguém sabe a dimensão e proporções que irá tomar”.

Agra mostrou-se preocupado com a crise política que vive a Paraíba. “Receio muito que venha ser transferida para a estrutura do Estado”. Nos bastidores já vem ocorrendo. Então, a preocupação do ex-prefeito de João Pessoa faz sentido.

O prestígio de Agra é tanto que os peemedebistas o tratam como candidato a vice de Veneziano. Até já pousaram juntos para a foto que deverá simbolizar a pré-campanha eleitoral de 2014.

Mas ninguém se engane não, porque é Agra poderá se transformar no candidato a governador. Isso é real.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.