Vereador defende nome de Nonato para comandar PPS/Paraíba

Quem desistiu da fusão não interessa, mas começa agora uma briga entre os grupos de oposição e candidato re-eleitoral ao governo em 2014 para quem vai ficar com o comando do PPS na Paraíba.

Como se sabe, PPS e PMN pensaram em unir forças e transformar as duas legendas numa só, que passaria se chamar Movimento Democrático, ou simplesmente MD. Não deu certo. Já era previsto.

A maior expressão do partido é Nonato Bandeira (PPS) por ocupar o posto de vice-prefeito do principal colégio eleitoral do Estado, que praticamente vem decidindo as últimas eleições paraibanas.

Neste sentido, o vereador Bruno Farias (PPS) logo arregaçou as mangas confirmando que sua ala vai entrar na disputa pela presidência estadual do partido, atualmente comandada pela deputada governista Gilma Germano.

“Apoiamos o nome de Nonato porque ele é a maior expressão do partido neste momento, aquele que melhor representa politicamente a nossa legenda no Estado”, disse Farias.

O vereador ainda expôs seu ponto de vista a respeito da participação do PPS no blocão – PT/PP/PSC – que elegeu Luciano Cartaxo e Nonato Bandeira prefeito e vice, respectivamente, de João Pessoa.

E garante: “As oposições estarão juntas em 2014 (…). Será um só lado”.

Ninguém tem dúvidas.

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.